Kika usa vestido Zimmermann na CJMares e joias Ana Rocha & Appolinario. Sabrina usa trench coat Hemant & Nandita e calça Lug Von Siga, na CJ Mares, e joias Ana Rocha & Appolinario. Zoe usa vestido Hemant & Nandita na CJ Mares e sapatos Monnalisa – Foto: Bruna Castanheira, com edição de moda de Lucio Fonseca e make de Rodrigo Costa

Morando juntas para enfrentar a pandemia, Sabrina e Kika Sato levaram diversão e motivação, durante este período desafiador, para mais de 52 milhões de pessoas que as seguem nas redes sociais. Em uma conversa sobre maternidade, renovação dos laços familiares e reinvenção, a dupla mostra na reportagem de capa da nova edição da Revista Cidade Jardim por que forma um dos matriarcados mais amados do Brasil, ao lado da pequena Zoe.

O ano de 2020 parecia promissor para a apresentadora da Record: além da estreia de novos programas, Sabrina estava de malas prontas para o Japão, onde atuaria como madrinha da equipe brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, motivo de orgulho para essa sansei nascida em Penápolis, no interior de São Paulo.

Quis um minúsculo vírus que o mundo virasse de cabeça para baixo, inclusive o dela. Pois Sabrina, fonte inesgotável de otimismo, arregaçou as mangas e se dedicou ao que sabe fazer de melhor: a alegria do seu público. Não apenas nos vídeos divertidíssimos que postou nas redes sociais como também à frente do Instituto Sabrina Sato, que arrecada recursos para projetos sociais. Foram caminhões de alimentos, álcool em gel e máscaras distribuídos entre as ONGs que apoia.

Mãe e avó de três, a psicóloga e comerciante Kika Sato se reinventou como youtuber aos 67 anos e virou uma espécie de “mãezona” da quarenta, distribuindo receitas, ginástica e, principalmente, afeto para seu público. Os comentários dos 85 mil inscritos em seu canal do Youtube e dos quase 400 mil seguidores no Instagram mostram como muitas mulheres na maturidade encontraram em suas postagens uma inspiração para enfrentar os desafios do distanciamento.

Foto: Bruna Castanheira, com edição de moda de Lucio Fonseca e make de Rodrigo Costa

“Neste momento, está sendo uma bênção ter ao lado uma mulher superpositiva e esperançosa, alguém que olha para você e diz: ‘A vida vai melhorar, tudo vai dar certo no fim’. Porque minha mãe vê o lado positivo em tudo, e é disso que estamos precisando agora: esperança”, disse Sabrina na entrevista ao jornalista Bruno Astuto, diretor de redação da revista publicada pelas Edições Globo Condé Nast.

A família tomou gosto pela convivência mais próxima. Dona Kika está procurando apartamento na região onde a filha mora. “E a Leda (Nagle, jornalista), mãe do Duda (Nagle, marido de Sabrina), mora também aqui pertinho. Acho que a gente acabou gostando dessa coisa grudada”, conta a apresentadora.

Baixe a edição completa e boa leitura!

DOWNLOAD