O momento pede por solidariedade e, aqui, indicamos algumas ações para você participar e ajudar com contribuições. Pequenos gestos fazem a diferença. Conheça:

 

A Arcah uma instituição que promove a reintegração de pessoas em situação de rua na sociedade. Seu objetivo é ressignificar a vida do público atendido, oferecendo ferramentas para redescobrimento de paixões, resgate da sua autoestima e confiança, desenvolvimento de aprendizados em diferentes capacitações e despertando assim o sentimento de pertencimento a um grupo, reconhecendo seu papel, deveres e direitos na sociedade.

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE

 

O Graacc precisa da sua doação. Depois de cancelar eventos de arrecadação e outras atividades, como sua tradicional corrida de rua, a instituição social sem fins lucrativos, que cuida de crianças e adolescentes com câncer, está com os cofres em risco.

Desde 1998, o Graacc possui um hospital que, em parceria técnica-científica com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), é referência no tratamento da doença, principalmente os casos de maior complexidade e alcançando altos índices de cura. Por ano, mais de 3.500 pacientes são atendidos. Além de diagnosticar e tratar o câncer infantil, o Graacc atua no  desenvolvimento do ensino e pesquisa.

CLIQUE AQUI PARA DOAR

 

A Liga Solidária, uma Organização da Sociedade Civil (OSC) que desde 1923 é movida pela crença de que uma sociedade mais justa e com mais oportunidades é possível. São mais de 13 mil crianças, jovens, adultos e idosos beneficiados direto e indiretamente durante o ano em dez programas de Educação, Longevidade e Cidadania, que atuam diariamente para resgatar a dignidade e fomentar a autonomia dessas pessoas.

O trabalho concentra-se nas periferias da cidade de São Paulo. O Complexo Educacional Educandário Dom Duarte (EDD), é o principal polo de atuação da Liga, além de atuação no Rio Pequeno (zona oeste), no distrito do Aricanduva (zona leste), Cidade Monções, Real Parque e Grajaú (zona sul), com Creches, Centros de Criança e Adolescentes e Qualificação Profissional.

CLIQUE AQUI PARA DOAR

 

O senso de perigo despertado pela Covid-19 ganha ainda mais urgência nas periferias e morros Brasil afora. Pensando nisso, a organização social Gerando Falcões lançou um projeto tão inovador quanto benéfico: Corona no Paredão – Fome Não.

Arrecadando doações online, promove a distribuição de cestas básicas digitais a famílias vulneráveis. A diferença da cesta digital para uma “analógica” é que a ajuda chega por meio de um cartão carregado com uma determinada quantia em dinheiro. As vantagens são várias: evita deslocamentos, permite que seus beneficiários possam montar cestas de acordo com suas necessidades e ainda ajuda a movimentar a economia em suas próprias comunidades.

A meta do projeto é atingir 1 milhão de cestas digitais doadas (cada uma delas custa apenas R$ 50).

SAIBA MAIS E/OU CONTRIBUA

 

Organizada por diversos grupos da sociedade civil para impedir uma crise humanitária em consequência do coronavírus no Estado de São Paulo, a UniãoSP criou o um Fundo Emergencial de Apoio à População Ameaçada pela Covid-19, captando recursos privados, comprando e distribuindo produtos, de acordo com a demanda do momento.

“Estamos passando por um momento muito grave. A solidariedade e o cuidado com o outro são a única forma de enfrentarmos o medo e superarmos tudo construindo um futuro melhor”, afirma Ana Maria Diniz, da Península Participações, uma das envolvidas no projeto.

Você pode ajudá-los com contribuições a partir de R$ 60.

CLIQUE AQUI PARA DOAR

 

Criada pelo banco Itaú com um histórico aporte de R$ 1 bilhão, Todos Pela Saúde é uma iniciativa que visa a combater a pandemia nas diferentes classes sociais e apoiar as iniciativas da saúde pública.

São quatro as principais frentes de atuação deste projeto, liderado por um grupo de especialistas da área de saúde: informar, proteger, cuidar e retomar.

Você pode contribuir com sua doação e também indicar projetos e iniciativas que precisem de apoio. Confira mais informações no site.

CLIQUE AQUI E ACESSE

 

O Sefras (Serviço Franciscano de Solidariedade) atua na educação, comunicação e solidariedade junto a crianças e adolescentes, juventude, idosos, população de rua, catadores de recicláveis, encarcerados, migrantes e portadores de HIV.

Entre suas principais ações, coordenam grupos de apoio; financiam o Serviço Franciscano de Apoio a Reciclagem (Recifran), que emprega 50 pessoas de 18 a 60 anos; e provem o popular “Chá do Padre”, que toda a tarde oferece pão e chá para a população no centro de São Paulo.

CLIQUE AQUI E ACESSE

Fundada em 2006 pelo chef e empreendedor social David Hertz, a Gastromotiva é cocriadora do Movimento da Gastronomia Social – uma iniciativa global que conecta pessoas, projetos, empresas, universidades, agências internacionais, governos e a sociedade civil em torno do poder transformador da comida.

Fome, desperdício, falta de oportunidades, obesidade e má nutrição são desafios globais que demandam ações conjuntas. Entre seus objetivos estão servir jantares solidários, resgatar alimentos que seriam descartados e formar alunos por meio da educação nutricional.

CLIQUE AQUI E ACESSE