Foto: Divulgação

Caio Carvalho sempre foi uma criança apaixonada por Natal, seus brilhos, luzes e árvores decoradas. “Eu montava árvore de Natal e desmontava todos os dias. Minha mãe me levava várias vezes para as lojas comprar luzes”, recorda. “Era uma época que a gente trazia um enfeite de cada parte do mundo, sempre que viajava”.

SIGA O CJ NO INSTAGRAM

“Sou formado em marketing e trabalhei durante dois anos em uma importante doceria nacional de luxo. E um dos projetos mais especiais que realizei lá foi de Natal. Isso despertou minha vontade de ter uma loja especializada nesta festa, mas de forma diferente do tracional”, conta.

Quando veio a oportunidade de ter esse espaço, Caio só pensou na exclusividade e no personalizado. “Coisas que toquem e emocionem as pessoas, que fazem diferença nesta época de Natal”, defende. “A ideia é que a pessoa venha aqui e escolha desde uma árvore inteira até peças decorativas para montar a sua própria”.


Foto: Divulgação

As bolas feitas à mão com tecido de animal print são impressionantes. Elas são feitas à mão e cada uma demora duas horas para ficar pronta. São vários bichos diferentes: onça, leopardo, vaca, zebra e pantera entre eles. “Eu tive de achar uma artesã para fazê-las a mão, uma por uma. Cada bola demora duas horas para ficar pronta”, diz Ramalho. Ao todo, foram feitas 300 unidades.

Outra linha de bolas à venda por lá, uma coleção feita com os tecidos mais clássicos da Entreposto, em três tamanhos diferentes. E tem uma descoberta: uma bola que demora quatro horas para ser feita, em patchwork com detalhes pintados a mão, cada uma de um tema: ursinhos, cachorros, Papai Noel e muito mais.


Foto: Divulgação

Na pop up localizada na CJMares, no piso Térreo do Shopping Cidade Jardim, você encontra ainda um mix de presentes incríveis e dá para fazer uma lista completa. Tem papelaria personalizada, panetones, cheirinhos da Entreposto e, claro, Papais Noéis e outros símbolos da Natal para decorar a sua casa. E a louça também é artesanal, uma parceria de Carvalho com Paula Rizzo. “Eu desenvolvi o desenho, e ela pintou os pratos incríveis”, conta.

E se programe para vir várias vezes à multimarcas, pois o espaço está sempre mudando. Ramalho já está criando mais três árvores para montar até janeiro do ano que vem: uma em homenagem à empresária Erika Mares Guia, outra em homenagem à consultora Donata Meirelles, e outra inteira camuflada, que certamente conquistaria o coração de Donatella Versace.